ANÁLISE DA OXIDAÇÃO NATURAL DO DOSÍMETRO QUÍMICO FRICKE XILENOL GEL

Lucas Nonato de Oliveira

Resumo


Frente à necessidade de utilização das radiações ionizantes para tratamento dos diversos tipos de cânceres utilizando a teleterapia, surgiu a necessidade de medição da dose de radiação que os pacientes recebem, pois as radiações ionizantes interferem nas estruturas moleculares, podendo danificar os tecidos moles e ossos do organismo. Dentre os vários tipos de dosímetros utilizados para este propósito, o Fricke Xilenol Gel (FXG) é capaz de determinar a absorção de baixas doses de radiação, de fontes como fótons de alta energia e elétrons acelerados, além de apresentar similaridade aos tecidos moles do organismo. Naturalmente os íons ferrosos presentes no gel oxidam para férricos de acordo com o ambiente e temperatura de armazenamento, o que interfere nas transformações provocadas pela dose administrada conforme aumento do tempo. Dessa maneira, este trabalho traz a investigação da oxidação natural do dosímetro FXG, em pré-irradiação, analisando-se espectros obtidos através de um Espectrofotômetro UV–Visível, entre os comprimentos de onda entre 400 e 700 nm, das amostras armazenadas em ambiente aberto, fechado e refrigerado (24,75 ± 1,48; 24,64 ± 1,50 e 6,5 ± 0,92 °C). Dos resultados encontrados, após 82 horas de leituras, conclui-se que, a luz e temperatura influenciam na oxidação natural do FXG, onde as amostras em ambiente aberto apresentaram maior absorbância, seguido pelas amostras em ambiente fechado, que apresentaram uma oxidação de 24,5% menor que os valores aferidos para amostras em ambiente aberto devido a ausência de luz. Essa relação entre as absorbâncias das amostras em ambiente aberto e refrigerado apresentam uma alternativa em medições de pré-irradiação, pois cerca de 64,5% de íons ferrosos deixariam de ser oxidados. Dos resultados obtidos, pode-se concluir que oxidação natural em diversos ambientes, deve ser inserida nos valores das absorbâncias de forma em que esses valores possam ser corrigidos, com o tempo e ambiente de armazenamento selecionado.


Texto completo:

PDF

Referências


M. Lavor. “Avaliação das ferramentas de controle de qualidade para pacientes submetidos ao IMRT”. (Dissertação apresentada ao Instituto de Pesquisas Energéticas e Nucleares, Universidade de São Paulo - USP, São Paulo - SP, 2011).

F. H. Attix, "Introduction to Radiological Physics and Radiation Dosimetry". (Jonh Wiley and Sons, New York, 1989).

C. C. Cavinato, “Padronização do método de dosimetria Fricke gel e avaliação tridimensional de dose empregando a técnica de imageamento por ressonância magnética”. (Dissertação apresentada ao Instituto de Pesquisas Energéticas e Nucleares, Universidade de São Paulo - USP, São Paulo - SP, 2009).

C. S. Calcina, L. N. de Oliveira, C. E. de Almeida, and A. de Almeida, "Dosimetric parameters for small field sizes using Fricke xylenol gel, thermoluminescent and film dosimeters, and an ionization chamber." Phys. Med Biol. 52 (5), 1431-1439 (2007).

L. N. de Oliveira. Parâmetros Dosimétricos e Coeficiente de Difusão para Elétrons em Campos Pequenos, através do Dosímetro Fricke Xilenol Gel. 45 f. (Tese apresentada à Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Ribeirão Preto - USP, Departamento de Física e Matemática, USP, Ribeirão Preto – SP, 2007).

M. A. Bero, W. B. Gilboy, P. M. Glover, and H. M. El-masri, "Tissue-equivalent gel for non-invasive spatial radiation dose measurements", Nucl. Instr. and Meth. in Phys. Res. B 166-167, 820 – 825 (2000).

H. Fricke, S. Morse, "The chemical action of Roentgen rays on dilute ferrosulphate solutions as a measure of dose", Am. J. Roent. Radium. Ther. Nucl. Med 18, 430-432 (1927).

P.C. Petchevist, "Dosímetro FXGb para caracterização de feixes em radioterapia". (Dissertação apresentada à Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Ribeirão Preto - USP, Física Aplicada à Medicina e Biologia. USP, Ribeirão Preto - SP, 2006).

D.F. Swinehart, "The Beer-Lambert law”, J. Chem. Educ. 39, 333-335 (1962).

D. M. M. de Oliveira. “Verificação do uso do dosímetro Fricke benzoico xilenol gel em tomografia computadorizada”. (Dissertação apresentada à Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Ribeirão Preto - USP, Física Aplicada à Medicina e Biologia. USP, Ribeirão Preto – SP, 2011).

P. Lykos, "The Beer-Lambert law revisited - A development without calculus”, J. Chem. Educ. 69, 730-732 (1992).

G. Craig, C. James, M. G. Janusz, “Determination of iron in solutions with the ferric xylenol orange complex”, Anal. Biochem. 273, 143-148 (1999).

A. M. F. Caldeira, A. M. Neto, M. L. Baesso, A. C. Bento, M. A. Silva, A. de Almeida. “Estudo da oxidação natural no dosímetro radiocrômico FXG”. Rev. Bras. Fís. Méd. v. 2, n. 1, p. 24 – 27. (2009)


Apontamentos

  • Não há apontamentos.