A SOCIOLOGIA NO ENSINO MÉDIO DO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE GOIÁS PELA NOÇÃO DE POLITECNIA

Ricardo Vidal Golovaty

Resumo


O artigo é fruto de comunicação no 10° Seminário Nacional de Sociologia no Ensino Médio, realizado na Universidade Federal de Goiás em novembro de 2014. A reflexão procura fazer um balanço da situação da Sociologia no IFG campus Goiânia (e na instituição como um todo) pela ótica da politecnia, priorizando o cenário da modalidade Técnico Integrado ao Ensino Médio. Entendemos que a identidade dos Institutos Federais passa pela referida noção, porém, num ambiente de conflitos e desconhecimentos. Entretanto, a politecnia pode iluminar o caminho da Sociologia como prática política e pedagógica, encaminhando a disciplina ao lado das demais ciências nos diferentes cursos e modalidades realizados no IFG.


Texto completo:

PDF

Referências


BENHABIB, Seyla. A crítica da razão instrumental, In: ZIZEK, S. (org). Um mapa da ideologia. Rio de Janeiro: Contraponto, 1996, p.71-96.

BOMENY, Helena; FREIRE-MEDEIROS, Bianca. Tempos Modernos, Tempos de Sociologia. São Paulo: Editora do Brasil, 2010.

BRASIL. Orientações Curriculares para o Ensino Médio – Ciências Humanas e suas tecnologias. Capítulo 4: Conhecimentos de Sociologia, 2008, p.105-133.

BRASIL. Ministério da Educação, Setec, Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Goiás, Departamento de Ensino, campus Luziânia. Curso Técnico Integrado em Informática para Internet, 2010.

BRASIL. Ministério da Educação, Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Goiás, Pró-Reitoria de Ensino. Ementas de Sociologia para os Cursos Técnicos Integrados ao Ensino Médio, 2012 (mimeo).

PACHECO, Eliezer (org). Os Institutos Federais: uma revolução na educação profissional e tecnológica. São Paulo: Editora Moderna, 2011.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.